Publicidade

Ensaio Fotográfico

Café du Centre: o charme de Paris em Campo Grande

Café du Centre: o charme de Paris em Campo Grande

Publicidade

Categorias

Entrevistas

Medicina no Paraguai: UCP se transforma na maior universidade do Paraguai

Medicina no Paraguai: UCP se transforma na maior universidade do Paraguai

26/05/2016 às 13:34:00

CCZ reforça combate ao mosquito Aedes Aegypti

Órgão reforça importância da manutenção de hábitos de combate e prevenção ao mosquito

Redacao


Para envolver os estudantes no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, o Centro de Controle de Zoonoses, encabeçou na última semana, uma ação educativa abordando os hábitos cotidianos de prevenção às tríplices doenças. A atividade foi desenvolvida no Centro de Educação Infantil Rita Ribeiro Hashinokuti e reuniu alunos do Pré I e II, além de coordenadores, professores e administrativos da unidade de Ensino.
“Os profissionais de educação da Rede Municipal de Ensino têm observado a gravidade dessas doenças e desenvolvido assim, projetos voltados à prevenção. Oportunidade em que alertamos sobre a importância de hábitos de limpeza, organização e vigilância, que devem estar sempre presentes em nosso dia a dia”, considera o biólogo, entomólogo e pesquisador do CCZ, Jhoy Alves Leite.
De acordo com o pesquisador, a atividade tem como proposta, esclarecer à classe estudantil aspectos sobre a transmissão dos vírus, além de mostrar a importância do envolvimento de todos nesse combate. “Disseminamos entre os estudantes, atitudes importantes nesse combate. Por acreditar no potencial de cada um deles como multiplicadores de informação, as crianças têm sido nosso público-alvo nas palestras”, ressalta.
Para a coordenadora municipal de Controle de Vetores, Joelma Correia, a iniciativa dissemina a importância da participação dos alunos nessa luta. “A palestra foi esclarecedora para as crianças, que passam a ser agentes multiplicadores dessas importantes informações que adquiriram”, relata.
Sobre as atividades do órgão, a coordenadora esclarece que os agentes de controle de vetores continuam visitando casas, estabelecimentos comerciais e orientando as pessoas sobre a eliminação de possíveis criadouros do mosquito. “O agente é parceiro da população, por isso pedimos que a população os receba bem e atenda suas recomendações”, expõe.
 
AÇÕES INTEGRADAS – A Secretaria de Saúde informa que o município lidera importantes ações de conscientização e combate ao mosquito transmissor das doenças. Segundo o secretário Silvio Senhorini, além de implantar o Disque-Dengue, Nova Andradina também instituiu o Comitê Municipal de Combate ao Aedes Aegypti.
Neste contexto, se integram à iniciativa, a Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, a Acina, o Núcleo Regional de Saúde, Vigilância Sanitária, CCZ, Procuradoria-Geral do Município, Assessoria do Executivo, Coordenadoria Geral de Comunicação Institucional e Polícia Militar, liderados pelas secretarias municipais de Saúde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, Serviços Públicos, Finanças e Gestão, Educação, Cultura e Esporte e Cidadania e Assistência Social. “A Prefeitura de Nova Andradina tem buscado assegurar mecanismos eficientes para que toda administração atue em sinergia no combate às doenças”, ressaltou.
 
Assessoria
Publicidade