Publicidade

Ensaio Fotográfico

Café du Centre: o charme de Paris em Campo Grande

Café du Centre: o charme de Paris em Campo Grande

Publicidade

Categorias

Entrevistas

Medicina no Paraguai: UCP se transforma na maior universidade do Paraguai

Medicina no Paraguai: UCP se transforma na maior universidade do Paraguai

03/04/2018 às 15:28:00

Simone Tebet reivindica incentivos fiscais para empresas instaladas no Centro-Oeste

Redação


A senadora Simone Tebet (MDB-MS) quer garantir o direito à redução de 75% do Imposto de Rendacalculado com base no lucro da exploração do empreendimento, para as novas empresas a serem instaladas nas áreas de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco). A isenção valeria também para expansão de empresas já instaladas no Centro-Oeste. O incentivo pode atrair mais indústrias e ajudar a criar emprego e renda para a região.

Tais incentivos já existem há anos para os empreendimentos abarcados pelas Superintendências de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e do Nordeste (Sudene). A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado deve votar na próxima semana o projeto (PLS 656/2015), que prorroga estes incentivos de 2018 para 2023. O que a senadora Simone Tebet sugere é incluir neste projeto também os estados sob a influência da Sudeco.

A senadora sul-mato-grossense argumenta que a isenção tributária, a matéria prima e o custo do frete são levados em conta pelo empresário na hora da decisão sobre qual Estado instalar seu empreendimento. Ela lamenta que a falta de incentivo fiscal no imposto de renda para Mato Grosso do Sul, inibe a industrialização de alguns setores. “Hoje, por exemplo, nós não temos indústrias de semielaborados e elaborados e exportarmos o ‘boi sangrando’ pela falta do incentivo no imposto de renda”, lamentou.

 

Assessoria
Publicidade