Publicidade

Ensaio Fotográfico

Publicidade

Categorias

Entrevistas

13/04/2018 às 10:51:00

Um dos 4 mortos em confronto com a PM respondia a processo por tráfico

Redação

Foi identificado como Jucivaldo Francisco Nunes Tomaz, o “Val”, 32 anos, o quarto suspeito morto em confronto com a Polícia Militar, na tarde de ontem (12), próximo ao Presídio de Segurança Média de Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande.

Também morreram no confronto Marlon Farias da Silva, 17 anos, e os irmãos Matheus Batista Rodrigues, também de 17 anos, e Maicon Willian Rodrigues Guimarães, 20 anos. Em 2013, Jucivaldo foi preso com crack, no município de Paranaíba e respondia a processo por tráfico de drogas. Como estavam sem documentação, os quatro foram identificados por parentes no IML (Instituto Médico Legal).

Segundo a Polícia Militar, a equipe recebeu denúncia anônima informando que quatro homens estavam na mata próximo ao presídio na MS-995, no Jardim Flamboyant, com a intenção de lançar para dentro da penitenciária drogas e armas.

Durante buscas na área, os policiais encontraram os suspeitos. Eles estavam armados e houve troca de tiros com a equipe policial. Dois foram atingidos e o outros dois ainda tentaram fugir, mas reagiram a segunda abordagem e também foram feridos. Os quatro foram socorridos pela PM ao Hospital Auxiliadora, onde morreram. Com o grupo, foram encontrados cinco tabletes de maconha e quatro revólveres calibres 32 e 38.

No dia 29 de março, em Campo Grande, dois suspeitos de 15 e 18 anos também foram mortos em confronto com policiais do Batalhão de Choque. A caçada so dois suspeitos, que envolveu até um helicóptero da PM e cães farejadores, foi em uma área de mata no Jardim Tijuca.

campograndenews
Publicidade