Publicidade

Ensaio Fotográfico

Café du Centre: o charme de Paris em Campo Grande

Café du Centre: o charme de Paris em Campo Grande

Publicidade

Categorias

Entrevistas

Medicina no Paraguai: UCP se transforma na maior universidade do Paraguai

Medicina no Paraguai: UCP se transforma na maior universidade do Paraguai

13/04/2018 às 10:53:00

Cheia do Rio Paraguai força fechamento de escola no Pantanal

Redação

escola municipal da comunidade pantaneira de Barra do São Lourenço, em Mato Grosso do Sul, vai fechar as portas no próximo dia 20 de abril devido à cheia naquela região. O estabelecimento de ensino está em uma área de risco onde a margem do Rio Paraguai sofre um processo de erosão natural.

Essa decisão foi tomada porque o nível da água atinge um índice extraordinário que afeta as condições de saúde e segurança das crianças e professores.

Segundo informações da ONG (Organização Não Governamental) Ecoa, que monitora as famílias do vilarejo, esse tipo de ação é comum no período de cheias para evitar danos e riscos. Os moradores da comunidade deverão ganhar uma nova escola em breve, que ficará em um lugar conhecido como Aterro do Binega.

Avanço – O tenente Isaque do Nascimento, diretor executivo da Agencia Municipal de Proteção e Defesa Civil de Corumbá, disse ao Campo Grande News que no levantamento mais recente, feito nessa quinta-feira (12), o nível do Rio Paraguai atingiu 4,66 metros e está 2,64 metros acima do normal.

No dia 19 de março foi emitido um alerta para as famílias ribeirinhas e produtores rurais da região, já que nessa data a água chegou aos 4 metros, o que representa alerta.

“De lá para cá nós estamos monitorando diariamente. Há três semanas levamos ajuda humanitária para a população que vive na parte alta, com assistência médica, odontológica, psicológica, além de materiais de abrigamento, alimentos, entre outros. Na semana que vem vamos fazer o mesmo na parte média”, afirma.

Nascimento acrescenta que o nível do rio continua em elevação e a tendência é a decretação de situação de emergência. “Até 4,99 metros é considerado cheia pequena. De 5 metros a 5,99 metros é cheia normal. Acima de 6 metros é considerada super cheia”, completa.

campograndenews
Publicidade